quinta-feira, 8 de novembro de 2018

A nova Fanfarra de Recreio,MG



A Escola Estadual Olavo Bilac apresentou oficialmente, no dia 6 de setembro, 2018, em um desfile pelas ruas da cidade, a sua fanfarra composta de 44 integrantes.  A nova fanfarra recebeu  o nome de Fanfarra EEOB Professor Vilmano Vieira, em homenagem ao professor Vilmaninho que  em vida foi um dos fundadores e grande incentivador da fanfarra do então colégio da Campanha Nacional de Escolas da Comunidade  ( CNEC ) que nas décadas de 50, 60, 70 e 80 manteve em recreio um educandário com os curso fundamentais, e 2º grau ( Técnico em Contabilidade e Magistério ).



No dia 6, na apresentação pela primeira vez da fanfarra EEOB Professor Vilmano Vieira, houve um momento especial de homenagem, com leitura da biografia do professor Vilmaninho, por sua irmã Vilma com discurso de diversos oradores, no pátio da escola Olavo Bilac.

A E.E Olavo Bilac, de Recreio,  lançou assim oficialmente a sua fanfarra. Desfile, homenagens e apresentações culturais fizeram parte da programação.

O desfile saiu  da Praça Olegário Maciel, em direção ao Centro da cidade e na escola houve apresentação de grupos culturais e a cerimônia de Homenagem.

A fanfarra com 44 integrantes coordenada pelos irmãos Jadir e Carlos Sérgio Simão Araújo   foi criada com apoio da comunidade através de uma ação que arrecadou os recursos para a compra dos instrumentos . A direção da escola de samba ERUS e também a direção do Mineiro Pau apoiaram a iniciativa com o empréstimo de alguns instrumentos.

O evento do dia 6  organizado pela E.E Olavo Bilac, contou com a participação do Centro Educacional Castelo das Letras,  APAE, escolinhas de futebol, clube da Melhor Idade e outras representações.

Em sua apresentação para um grande público a bateria com seus pistons e pratos mostrou  toda a sua garra, demonstrando exemplo de civismo e de muita disposição de seus membros e se constituiu numa garbosa corporação instrumental preenchendo a lacuna que há muitos anos ficou depois da extinção das escolas Colégio João XXIII e Escola da CNEC atendendo assim a realização da tão sonhada fanfarra de nosso município. 


terça-feira, 7 de agosto de 2018

Uma festa Caipira com muita gente radiante em BH

Associação de Apoio aos Aposentados, Pensionistas e Servidores Públicos da capital mineira preparou uma verdadeira vila caipira para agremiados do estado no fim de semana 

Com a chegada da Terceira Idade, muitos problemas costumam pesar nesta fase da vida: dificuldade de locomoção, problemas de memória e perda da autonomia são alguns deles. Mas não para as pessoas com 60 anos ou mais da ASBP de Minas Gerais. É que no último sábado (28/07) foi programada uma festança digna de quem trabalhou uma vida inteira para proporcionar uma vida melhor aos seus familiares.

Aproveitando a época dos festejos aos Santos homenageados, São João, São Pedro e Santo Antônio, a festa promovida na capital mineira, preparou uma verdadeira vila caipira em Belo Horizonte.

Para o festejo, os participantes contaram com diversas atrações que deixaram a diversão em alta: banda de forró, apresentação de quadrilha e o melhor: todas as delícias que deixam cada “arraiá” com um sabor especial: bolos, quentão, amendoim, milho, pamonha e mais uma infinidade de receitas que deixaram a todos com água na boca.
Mais fotos e conteúdo em RADIANTE RECREIO


sábado, 6 de janeiro de 2018

Ação entre Amigos da Loja Maçônica ajuda Lar dos Velhos







A loja maçônica Tolerância, Justiça e Liberdade nº 157( Recreio,MG) concluiu a campanha Ação Entre Amigos, este ano, realizando o sorteio das Camisas Oficiais de 4 times do Rio, que reúnem o maior número de torcedores em nossa cidade. Continua em RADIANTE RECREIO 
Janjão ( Presidente do Lar dos Velhos) recebe os donativos (lençóis e toalhas ) de Xandão ( venerável mestre da Maçonaria)

 Marcelo, um dos ganhadores do Sorteio, recebe das mãos de Camilinho e de Xandão a camisa oficial do Fluminense

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Guloseimas típicas e tradições variadas: as diferentes versões de Natal ao redor do mundo

Celebrado no mundo todo, o Natal possui, dependendo da cultura e do país, particularidades que tornam a data diferente de um povo para outro. São muitas tradições: dar presentes, preparar guloseimas específicas dessa época, enviar cartões natalinos, entre tantas outras. De um país para o outro, as festas podem ser bem diferentes, com tradições, comemorações e ritos próprios de cada cultura e civilização, a começar pela data da celebração. Segundo a Britannica® Digital Learning, enquanto em alguns países a troca de presentes é realizada no dia 24 de dezembro, em outros, esse costume acontece no dia 25 ou até no dia 6 de janeiro, sendo este último mais comum no oriente, onde a data simboliza a chamada Epifania, dia do batismo de Jesus e da chegada dos três reis magos.
Em alguns casos, as festividades costumam durar bem mais que um dia. No Brasil, por exemplo, as celebrações começam no dia 24 e se estendem até o dia 25. Nos Estados Unidos, o Dia de Ação de Graças, sempre na última quinta-feira de novembro, marca o início das comemorações natalinas. Ainda segundo a Britannica, o Natal não é mais apenas um festival religioso. A data é também um dos períodos de férias mais populares para os países em que o cristianismo é a religião dominante. Mesmo no Japão, onde o cristianismo é uma religião minoritária, o Natal tornou-se uma festa tradicional, com as pessoas adquirindo o hábito de trocar presentes. (FOTO: Bûche de Noel: torta francesa típica de Natal - Crédito Divulgação )

Mais do Natal em ANO RADIANTE  Curiosidades e símbolos natalinos ao redor do mundo

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Nós! (em off) volta para curta temporada em Porto Alegre, na Casa de Cultura Mário Quintana


Uma companhia teatral prestes a estrear um espetáculo. Um diretor nada paciente. Atores e equipe técnica interagindo e interrompendo a continuidade do trabalho. É com esse roteiro que a Nós - Cia. de Teatro volta aos palcos no espetáculo Nós! (em off). Em curta temporada, dias 15, 16 e 17 de dezembro, às 20h, no Teatro Carlos Carvalho, da Casa de Cultura Mario Quintana ( Porto Alegre-RGS)... Completa, com mais foto, com todos os artistas em ANO RADIANTE 

domingo, 10 de dezembro de 2017

Padre Antônio José Chamel


Homenagem ao Monsenhor Antônio Chamel, pelos ex-seminaristas em MAR DE MORROS


segunda-feira, 19 de junho de 2017

32ª CORRIDA DE SANTO HIGINO - 2017









Campeão da 32ª Corrida de Santo Higino é o novo recordista Flávio Carvalho Stumpf ( FOTO ) é o campeão da 32ª Corrida de Santo Higino, com 13 minutos e 40 segundos , fazendo o percurso de quase 5 quilômetros do distrito de Conceição da Boa Vista até o centro da cidade, batendo recorde de Fernando Silvio dos Santos , 14 minutos e 1 segundos , em 2002. A campeã da categoria feminina, é Aline da Silva Braga, com 19 minutos e 19 segundos. O recorde feminino continua com Andrileia do Carmo Souza, com 16 minutos e 49 segundos, em 2004. O evento aconteceu no dia 17, e é uma realização do Governo Municipal através de sua Secretaria Municipal de Esportes e de acordo com o site Recreio.MG. gov.br teve a participação de 400 atletas reunindo corredores , crianças , jovens e adultos do município, cidades da região e dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Desde quando a Corrida era organizada por um bloco carnavalesco ( Preocupados de Souza, mais conhecido por Bloco do Papel Higiênico ), são homenageadas pessoas ilustres o que continuou sendo feito pela atual entidade promotora e desta vez o homenageado que deu o nome ao troféu foi Pedro Ernesto Ferreira Dorigo, um dos criadores do evento , e também um dos fundadores de uma Associação Beneficente, a Associação de Desenvolvimento Comunitário de Recreio- ADCR , atualmente desativada. Quando presidente da ADCR, Pedro Dorigo, realizou diversos eventos sócio-econômicos em nosso município. O homenageado tem ainda atuação na cidade em realização de diversos outros eventos sócio-culturais e sua participação nessas promoções teve início em 1968 e década de 70, fazendo parte com um grupo de jovens, tendo a frente o então O JORNAL DE RECREIO , na realização dos primeiros festivais de poesia de caráter nacional. Faz parte de sua biografia a realização de projetos voltados para a pesquisa da história de nosso município e divulgação de fatos e gente formadores do início de nossa comunidade sendo vasto seu estudo e contribuição com pesquisas da memória recreiense , sobressaindo a ferroviária , tendo sido curador de exposição iconográfica histórica de Recreio.